MATRIZ ENERGÉTICA LIMPA/ CONSERVAÇÃO AMBIENTAL

"Não é fácil conduzir processos internos de evolução organizacional, pois implicam geralmente em repensar a organização. No WWF-Brasil iniciamos esta jornada com uma reflexão sobre propósito organizacional, e agora estamos trabalhando a nossa cultura e estratégia para os próximos anos. Parceira fundamental em toda esta jornada, a PACTO nos proporciona muita segurança para enfrentar um processo de reflexão que pode nos levar a caminhos ainda desconhecidos. A partir de referências objetivas e inspiradoras, a abordagem da PACTO estabelece um ambiente de confiança na organização, necessária para um legítimo processo de co-criação."

- Mauricio Voivodic, Diretor Executivo do WWF-Brasil
WWF
A Coalizão, uma rede multistakeholder com mais de 160 organizações, desde representantes do agronegócio até ambientalistas, precisava investigar qual modus operandi seria o mais adequado para atingir seus objetivos estratégicos visando alcançar uma economia de baixo carbono. Um dos grandes desafios, portanto, relacionava-se à forma de tomada de decisão, considerando que os atores da rede possuem posicionamentos distintos sobre os mais diversos temas e que as decisões por consenso muitas vezes não geravam os resultados mais satisfatórios. A PACTO nos trouxe outras opções de metodologias para processos decisórios, notadamente, o consentimento, que se mostrou um turning point ao nosso modelo de governança. Chegar a essa conclusão e entendimento foi possível graças à uma ampla escuta ao grupo de liderança, conduzida pela PACTO, que acabou revelando importantes caminhos para o amadurecimento da Coalizão.

- Luana Maia
Coalizão Brasil
"O IEMA tem sempre o desafio de promover conversas técnicas e políticas entre diferentes stakeholders com vistas a buscar soluções para questões associadas aos temas energia, transportes e meio ambiente. A PACTO tem nos ajudado a desenhar e facilitar conversas complexas, com leveza e sensibilidade, constituindo-se numa parceira importante nestes processos”

- André Ferreira
IEMA

DESIGN ORGANIZACIONAL

A Coalizão, uma rede multistakeholder com mais de 160 organizações, desde representantes do agronegócio até ambientalistas, precisava investigar qual modus operandi seria o mais adequado para atingir seus objetivos estratégicos visando alcançar uma economia de baixo carbono. Um dos grandes desafios, portanto, relacionava-se à forma de tomada de decisão, considerando que os atores da rede possuem posicionamentos distintos sobre os mais diversos temas e que as decisões por consenso muitas vezes não geravam os resultados mais satisfatórios. A PACTO nos trouxe outras opções de metodologias para processos decisórios, notadamente, o consentimento, que se mostrou um turning point ao nosso modelo de governança. Chegar a essa conclusão e entendimento foi possível graças à uma ampla escuta ao grupo de liderança, conduzida pela PACTO, que acabou revelando importantes caminhos para o amadurecimento da Coalizão.